quinta-feira, 25 de setembro de 2014

CONHECENDO O CANDIDATO LUIZ FERNANDO MACHADO - PSDB NUNCA MAIS! A VOZ QUE NUNCA HOUVE EM BRASILIA!

O candidato a deputado estadual Luiz Fernando Machado usa o seguinte e demagogo slogan em sua campanha:  A SUA VOZ EM SP. Em Brasilia como deputado federal, seu mandato foi pífio, Em enquete sobre os melhores deputados não chegou a pontuar, perdendo para o Tiririca, quer dizer, NÃO TEVE QUALQUER VOZ REPRESENTANDO JUNDIAÍ!
De acordo com tudo que esse senhor coloca em seus "santinhos" ele é o cara, mas só se for o cara de pau!
Vamos começar lembrando da sua ultima campanha, quando foi derrotado de forma estrondosa quando concorria para prefeito. Luiz Fernando foi REJEITADO por mais da metade da população votante de Jundiaí, 140.000 votos contra, foi um verdadeiro balde de água fria, que colocava por chão mais de 20 anos de poder de um grupo que se intitulava os donos de Jundiaí, que transformaram nossa amada cidade em seus quintais, onde praticaram todos os tipos de desmandos. Isso também foi uma resposta ao ex prefeito Miguel Haddad e atual candidato a deputado federal de uma população que não mais tolerava o que ocorria em suas administrações. Vale lembrar também que o coordenador atual de sua campanha, era o coordenador de sua campanha no segundo turno a prefeito, que ficou conhecida como a CAMPANHA BAIXARIA, onde não pouparam esforços para agredir de forma verbal toda a oposição, fazendo ataques até com carro de som em altíssimo volume, quando o locutor, passava pelas ruas ofendendo quem estivesse fazendo campanha para a oposição e ao candidato dessa. Eles BRIGAVAM pelo PODER e não lutavam pela população.


A matéria acima poderá ser lida na íntegra acessando esse link:

Nessa mesma campanha, o CQC flagrou e denunciou Luiz Fernando, recebendo como deputado federal em plena campanha sem se afastar, o que é ilegal. Será que se o CQC não o flagrasse ele continuaria assim até o final da campanha? No debate, Luiz Fernando disse que isso não era verdade, mesmo o CQC comprovando.

video


OU

https://www.youtube.com/watch?v=K39wYI0fFg4


Em seu mandato como vereador em 2004, ao qual foi presidente da câmara, as contas dessa, foram rejeitadas e ele foi condenado a devolver dinheiro gasto de forma irregular ao município, bem como quando foi candidato a deputado pela 1ª vez em 2006.


Site com todas informações: 




Como deputado federal, não conseguiu sequer pontuar, ficando até atrás do comediante Tiririca.






Em matéria publicada no Jornal de Jundiaí, em 31/07/2012, Luiz Fernando foi chamado de Playboy:


sábado, 23 de agosto de 2014

PEDRO BIGARDI E O SÃO CAMILO!

Repudio o PSDB e seus integrantes, principalmente os de Jundiaí, pois os conheço e sei o modus operandi deles, mas independente disso, Miguel Haddad em sua última gestão, tinha planos de colocar no alto do São Camilo uma base policial a fim de inibir o tráfico e dar apoio ao morador de bem dessa região, bem como toda a urbanização do bairro, acabando com as sub moradias e vielas. Logicamente essa urbanização não era por amor aos moradores, já que eles estariam adquirindo áreas ao redor do São Camilo, desde que falaram mas não realizaram o SESI. Compravam a preço de banana e com o fim das sub moradias, as áreas seriam muitíssimas valorizadas, rendendo altíssimos ganhos para os espertalhões.
Com um posto polícial e o fim das sub moradias, o tráfico seria quase que extinto na proporção que hoje é no São Camilo, o que seria uma perda para os traficantes e um ganho fabuloso para a população, principalmente para aqueles que sabem o que é ter um ente querido cooptado pelo tráfico, quer seja para atuar, quer seja como dependente.
A administração seguinte se fosse PSDB, deveria dar continuidade a essa alteração no São Camilo.
Os traficantes receberam essa informação e com receio do prejuízo que seria para eles, deram ordem para que todos os moradores votassem contra o PSDB, impedindo inclusive a entrada de cabos eleitorais desse.
Pedro Bigardi sabendo desse projeto que era benéfico para a população, poderia ter dado sequência, colocando o posto policial, que aliás já havia projeto, e dado sequência a urbanização.
Ocorre que assim que assumiu, cancelou o posto policial e a urbanização parou. Prejudicando a população de bem, tão desejosa de mudanças.
Qual foi o motivo do cancelamento do posto policial e da parada da urbanização Pedro Bigardi?